Promoção!

Os Padres do Deserto

13,64 3,00

Nos séculos IV e V, rompendo com a civilização da sua época, alguns homens afastaram se das comunidades cristãs das cidades e partiram para o deserto. Ao princípio, estas pessoas que pretendiam levar uma vida cristã literalmente original, a busca da «simplicidade de coração», eram apenas um punhado de homens: António, Macário, Sisoés, etc. Muito rapidamente, o seu estilo de vida surpreendeu e atraiu. A eles vieram juntar se alguns discípulos oriundos um pouco de toda a parte. Alguns, como Arsénio, tinham ocupado os mais altos cargos na corte imperial; mas a maioria era de origem modesta.
Estes homens, iletrados quase todos, proferiram ensinamentos que, ordenados e passados ao papel, pretendiam fazer surgir e evocar uma doutrina, fundar e autenticar uma experiência, ilustrar uma lição e tornaram se preciosos para a criação e desenvolvimento da vida monástica nos séculos posteriores.

Em stock