Promoção!

Óscar Carmona

6,90 1,00

Óscar Fragoso Carmona veio a este mundo em Lisboa, no dia 24 de Novembro de 1869, sob os auspícios de um reinado pacífico. Sentava-se então no trono de Portugal a figura popular de D. Luís, monarca culto e liberal. O jovem Carmona manteve a tradição da família, seguindo a carreira das armas. Do Real Colégio Militar e da Escola do Exército, onde fez os seus estudos, pode observar a vida do país. Assistiu à queda da Monarquia e seguiu, sem se envolver, os conturbados primeiros anos da República. Promovido a coronel em 1919, chegou três anos depois ao generalato. Atingiu o topo da carreira com uma imagem imaculada diante dos camaradas de armas e dos governantes. Era um oficial “limpo”, que aguardava pacientemente a sua hora. Ela chegou em 1926, quando foi nomeado interinamente para a chefia do Estado (e dois anos depois eleito por sufrágio universal), na qual se manteve até à morte, em 1951. Ao longo desses 25 anos e contrariando apelos de algumas figuras do regime, Salazar sempre recusou a ideia de substituir Carmona, mesmo achando que este não era um seu incondicional adepto. No entanto, considerava recomendável deixar todas as peças nos seus respectivos lugares. Afinal de contas, o suporte do general à férrea ditadura do Estado Novo sempre fora inestimável.

Em stock