Promoção!

Salgado Zenha

6,90 1,00

“Só é vencido quem desiste de lutar”, dizia frequentemente Francisco de Almeida Salgado Zenha, o homem que nunca desfaleceu nas suas lutas e a quem todos reconheciam uma grande disponibilidade para a acção. Zenha foi um dos principais dinamizadores e figuras centrais do MUD Juvenil. Numa das reuniões do movimento conheceu Mário Soares, com quem travou uma amizade que resistiu, ao longo de várias décadas, a muitas intempéries. Logo em 1947 os dois amigos foram presos e processados por causa de um documento emitido pelo MUD Juvenil. Esteve proibido de sair do país até 1958, mas continuou a exercer a sua actividade política na clandestinidade. O apoio à candidatura presidencial de Humberto Delgado catapultou-o para a intervenção política activa. Foi ministro da Justiça dos I, II, III e IV Governos Provisórios. O episódio mais polémico da sua passagem pelo Governo foi o combate à lei da unicidade sindical. Quando Mário Soares foi convidado para formar o I Governo Constitucional afastou o amigo de longa data da equipa ministerial. Terão começado aí as divergências entre eles. Em 1985, Zenha encenou o último acto da sua brilhante carreira política: a candidatura à Presidência da República.

11 em stock